O que é Vinho Biodinâmico?

Atualizado: 26 de out. de 2021

Vinhos biodinâmicos são vinhos produzidos a partir de uvas cultivadas em vinhedos que seguem os preceitos da agricultura biodinâmica, que vão desde a preparação do solo, ao plantio e colheita das uvas.

Como é produzido?


Os vitivinicultores que praticam a agricultura biodinâmica seguem um calendário que leva em conta as fases da lua e o equilíbrio entre os elementos principais do planeta: Terra, água, fogo e ar.

O calendário é dividido em quatro tipos de dias: dias de raízes, dias de flores, dias de frutos e dias de folhas.

Cada um desses dias tem certas tarefas associadas, como põe exemplo: os dias de frutas são destinados à colheita, dias de folhas para regar, dias de raízes para a poda e nos dias de flor o vinhedo fica sozinho.


A agricultura biodinâmica é baseada no equilíbrio entre todos os elementos que integram o vinhedo, tais como o solo, as plantas, o ser humano e os animais. Por conta disso, não são utilizados agrotóxicos ou fertilizantes no manejo do vinhedo.

Para adubar o solo é utilizado um preparado biodinâmico, à base de plantas medicinais, esterco animal e minerais, como o silício. Além disso, muitos produtores optam por plantar árvores frutíferas no entorno dos vinhedos e utilizar esse espaço para criar animais, como galinhas e ovelhas.


O processo de vinificação dos vinhos biodinâmicos também conta com algumas peculiaridades. São utilizadas leveduras nativas, ou indígenas, durante a fermentação.

As datas de engarrafamento também segue o calendário biodinâmico, evitando o uso de elementos como o enxofre na conservação dos vinhos.


Os vinhos biodinâmicos são certificados pela Demeter International, a maior organização de certificação para a agricultura biodinâmica, presente em mais de cinquenta países. No Brasil, quem faz a chancela do Selo Demeter é a Associação de Certificação Instituto Biodinâmico.

Qual a diferença entre Vinho Biodinâmico, Vinho Orgânico e Vinho Natural?


Vinho Biodinâmico Filosofia onde a biodiversidade ao redor da vinícola é respeitada. Nesse modelo de agricultura, a natureza se ajuda. Por exemplo, outras plantas contribuem na mineralização do solo e controle de pragas. Na vinificação não é permitida a adição de insumos, exceto o sulfito (dióxido de enxofre), utilizado para proteger o vinho contra a oxidação.


Vinho Orgânico Os americanos naturalistas da califórnia foram os primeiros a produzir vinho orgânico nos anos 1960. Os europeus só foram fabri-los 30 anos depois. Nos vinhedos é utilizado só adubo natural e na vinificação é permitido o uso de insumos enológicos na correção de características como aparência e sabor.


Vinho Natural Pode ser produzido a partir do orgânico ou biodinâmico. O que caracteriza é a ausência de leveduras ou aromatizantes artificiais, além de não passar por nenhum tipo de filtragem. A falta desses componentes pode reduzir o tempo de vida da bebida.

História da Agricultura Biodinâmica


Os princípios da agricultura biodinâmica foram desenvolvidos em 1924, baseados em uma série de palestras do filósofo Rudolf Steiner em Kobierzyce, na Polônia, a pedido de agricultores que haviam observado uma deterioração do solo e da saúde das culturas, resultantes da utilização de adubos químicos.

Steiner pregava que uma fazenda agrícola deveria ser autossustentável e estar em perfeita harmonia com o cosmos.

A intervenção humana deve ser mínima, de forma que a terra possa recuperar sua energia vital e dar frutos que expressem sua tipicidade local.

A partir do conteúdo das palestras Rudolf Steiner compilou o livro The Spiritual Foundations of Biodynamic Methods, que, ainda hoje, é tido como um guia para a agricultura biodinâmica.

Segundo a quarta edição da publicação The Oxford Companion to Wine, editado pela crítica e jornalista Jancis Robinson, mais de setecentos vinhedos contavam com certificação biodinâmica no ano de 2013, somando mais de dez mil hectares em todo o mundo.


Produtores Biodinâmicos


Hoje, é possível encontrar produtores biodinâmicos em diversos países ao redor do mundo, como Suíça, Itália, Espanha, Áustria, Alemanha, Austrália, Chile, Peru, África do Sul, Canadá e Estados Unidos.

No Novo Mundo, um produtor que vem se destacando na produção de vinhos biodinâmicos é a Emiliana Organic Vineyards.

Informações extraídas do site Divvino.


7 visualizações0 comentário
logo_dona_idalina.png